15/09/11

Visionário: Onde os Desejos Fremem Sedentos de Ser

Visionário: Onde os Desejos Fremem Sedentos de Ser

Sem comentários:

Enviar um comentário

UM POEMA - UM POETA DE ELEIÇÃO

por: Alvaro Giesta (tudo quanto aqui publico é retirado de obras que possuo na minha biblioteca sem tecer, sobre elas, qualquer com...