26/07/14

O Retorno ao Princípio (uma dialéctica Vida-Morte), Editora Calçada das Letras, 2014.

Uma opinião da filósofa Zélia Chamusca:
«Estamos perante uma obra poética que só um genial poeta pensador, como Alvaro Giesta, poderia ter criado.
Trata-se de um ensaio filosófico apresentado sob a forma poética sobre o tema "O Retorno ao Princípio numa Dialética Vida-Morte", em que todo o pensamento desde o princípio ao fim da obra se desenvolve na mesma linha lógica de raciocínio sem quaisquer desvios do fio condutor do "retorno ao princípio".»



para destino enigmático,
do âmago do corpo

extenuado,

a alma sedenta de glória
noutro céu.

a barcaça da morte
atravessa
o lago escuro da noite
onde tudo acaba
e tudo começa.

exaurido
todo o tempo anterior,
refulge
prenúncio de novo dia.

(para depois no poema seguinte nos dizer que):
______
a substância
em maturação, inclina-se
no seu propenso vagar
para a glória da morte,

e dela
em glória renasce
em novo dia.

do seu fim
acontece todo o princípio.

deslumbra-se,
do corpo que se desintegra
agora,
a alma
que se difunde no abstracto
devir.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Um olhar sobre o MAR DOS SENTIDOS (poesia)

José Luís Outono “MAR DOS SENTIDOS” (chancela Edições VIEIRA DA SILVA, numa edição de 2012) – Opinião Literária © (não escrevo segun...