12/04/10

Nasci

num dia nebuloso e frio. De neve.
E, com o meu nascimento, todas as coisas más
nasceram.

Não culpo Deus nem ninguém.
Eu sou a própria causa do mal
e da totalidade das coisas más,
também!

Sem comentários:

Enviar um comentário

A Alquimia do Verbo

copyright da fotografia XMAIA in Olhares.com o corpo, manhã erguida (como se fosse o Ponto de Bauhüte) [i] 1. nu bran...